jump to navigation

Depoimento February 2, 2006

Posted by igualdadenocasamento in Portugal.
trackback


Escritor

Guilherme de Melo, que até aos anos 90 foi um dos rostos mais visíveis da homossexualidade em Portugal, louva a atitude das duas mulheres que ontem tentaram legalizar a sua união numa Conservatória de Lisboa. “Admito que para muito boa gente a divulgação e a mediatização do acontecimento possa parecer provocatória. Mas tem de haver sempre pioneiros “. O autor de “A sombra dos dias” considera que a legalização de uniões entre pessoas do mesmo sexo é inevitável a médio prazo. “Essas pessoas têm todo o direito de legalizar a sua situação, numa Conservatória, à luz da Constituição. Mas sem macaquices nem achincalhamento da cerimónia religiosa”.

Jornal de Notícias

Advertisements

Comments»

No comments yet — be the first.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: