jump to navigation

Orgulho e preconceito February 2, 2006

Posted by igualdadenocasamento in Portugal.
trackback


Casais homossexuais não conseguem fazer vingar direitos

Por Leonor Paiva Watson

João Paulo e Filipe, de 37 e 34 anos, vivem orgulhosamente juntos há dez anos e diz-lhes a experiência que o preconceito existe em todo o lado, mas é maior nas pessoas letradas, “porque funcionam de acordo com o socialmente correcto”, enquanto que os outros, “os humildes, funcionam mais com o coração”.

A propósito de preconceitos, mas a resvalar para a questão dos direitos, João Paulo lembra a história de um amigo que foi internado e a quem os pais proibiram a entrada do companheiro, assim que souberam que morreria. No seu caso, tal não aconteceu. “O Filipe esteve no hospital após um acidente, mas eu pude visitá-lo sempre, porque conheço muita gente naquele hospital… é que eu dei e ainda dou apoio a seropositivos”, explica.

Mas esta não é a regra – e tudo o que tenha que ver com visitas hospitalares, heranças, pensões de sobrevivência, adopção “é muito complicado, para não dizer impossível”, lamenta. Luís Grave Rodrigues, o advogado de Teresa e Lena, que pretendem casar-se, relembra, no entanto, que algumas destas questões colocam-se para as uniões de facto em geral. “Repare, após um casamento, uma viúva tem direito à pensão de sobrevivência; após uma união de facto, a viúva para receber essa pensão tem de pôr o Centro Nacional de Pensões em tribunal”, exemplifica.

João Paulo, que percebeu ser homossexual muito cedo, depreendeu muito tarde os problemas que a sua orientação sexual poderia trazer, mas, mesmo assim, considera-se um “péssimo exemplo pela positiva”, já que não se sente discriminado pela sua família ou pelos vizinhos. No entanto, não sente ainda receptividade por parte dos pais do companheiro, e isto, garante, “apenas por ser homossexual”.

De resto, aguarda a resposta do conservador ao pedido de Teresa e Lena. “Se disser que sim, vou a Fátima a pé”. E garante que se fosse possível casar, já o teria feito.

Jornal de Notícias

Advertisements

Comments»

No comments yet — be the first.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: