jump to navigation

Marques Mendes: PSD vota contra casamento homossexual March 6, 2006

Posted by igualdadenocasamento in Portugal.
trackback

O presidente do PSD, Luís Marques Mendes, confirmou, no domingo, em Madrid, que o seu partido votará contra o casamento de homossexuais, se a questão for levantada nesta legislatura.

«Em Portugal achamos que as prioridades são o crescimento económico, pôr em ordem as finanças do Estado e combater o desemprego», afirmou Marques Mendes, na sua intervenção durante o encerramento dos trabalhos da Convenção do Partido Popular (PP) espanhol, em declarações reproduzidas na edição desta segunda-feira do jornal Público.

Na opinião do líder social-democrata, cujo partido integra tal como PP espanhol, o Partido Popular Europeu, «a questão do casamento dos homossexuais não é prioritária, seguramente que o PSD terá uma posição contrária, mas não espero que este tema seja introduzido na ordem política».

Considerando que este é «um tema da agenda do Bloco de Esquerda», o dirigente laranja insistiu noutra questão que o preocupa, recordando que «estamos muito próximo do meio milhão de desempregados».

Já sobre o referendo à despenalização do aborto, o presidente do PSD admitiu o referendo «no final deste ano, ou princípios do próximo», garantindo que a direcçãodo PSD dará liberdade de voto aos seus militantes.

Relativamente à data para a realização do Congresso electivo do seu partido, Marques Mendes preferiu não fazer comentários, o mesmo acontecendo quanto ao anúncio de Marcelo Rebelo de Sousa de que não disputará a liderança dos social-democratas.

«Estou sempre muito tranquilo»; garantiu, sublinhando que «todos os objectivos que tracei estão a ser cumpridos»: «Ganhámos as eleições municipais, nas presidenciais venceu o candidato que apoiámos e mantemos uma oposição responsável».

Diário Digital

Advertisements

Comments

1. Anonymous - August 5, 2007

skin care product

wholesale skin care product beauty skin care acnezine shop


Sorry comments are closed for this entry

%d bloggers like this: